Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prepare-se para atestar: Preços da gasolina caem na próxima semana

Os preços dos combustíveis vão descer na próxima semana. Gasolina e gasóleo vão cair 8 e 5 cêntimos por litro, respetivamente, a partir da próxima segunda-feira, 6 de dezembro.

Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 03 de Dezembro de 2021 às 17:10
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

No caso do gasóleo simples, os preços deverão cair cerca de 5 cêntimos por litro, para os 1,47 euros por litro, segundo os cálculos do Negócios. Já a gasolina simples 95 deverá registar uma queda maior, de cerca de 8 cêntimos por litro, para os 1,636 euros por litro.

Os cálculos têm por base a evolução destes dois derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro. Mas o custo dos combustíveis na bomba dependerá sempre de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.

Esta tendência ocorre após uma semana marcada pela descida do preço do barril de petróleo, tendo esta sido corrigida na quinta-feira e hoje - depois de os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (OPEP+) terem dito que, apesar de irem colocar mais crude no mercado a partir de janeiro, poderão rapidamente ajustar a sua oferta se a procura diminuir.

Ao início da tarde desta sexta-feira, o West Texas Intermediate (WTI) dispara 3,29% em Nova Iorque para 68,69 dólares por barril. A tendência é seguida pelo Brent do Mar do Norte, que serve de referência a Portugal, que soma 3,57%, para os 72,16 dólares por barril.

Os novos preços têm em conta as variações calculadas pelo Negócios face ao preço médio praticado em Portugal esta semana e anunciado pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Os cálculos têm por base contratos diferentes daqueles que são seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).

Ver comentários
Saber mais OPEP+ Negócios Portugal economia negócios e finanças energia gasóleo
Outras Notícias