Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Robinhood vai estrear-se em Wall Street com um preço de 38 dólares por ação

A empresa começa a sua caminhada no mercado de ações com o valor mais baixo do intervalo definido no prospeto deste IPO. Fica avaliada em 32 mil milhões de dólares.

Bloomberg
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 29 de Julho de 2021 às 09:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Robinhood, corretora online e com baixas comissões, vai começar a cotar no Nasdaq a um preço por ação de 38 dólares, o que representa o valor mínimo do intervalo que a empresa estimou, depois de a empresa ter conseguido uma procura algo tépida neste IPO (oferta pública inicial). A notícia foi avançada pelo Wall Street Journal, ao final da noite de ontem em Lisboa. 

A empresa tinha definido um valor entre os 38 dólares e os 42 dólares por ação no seu prospeto enviado ao SEC, o regulador do mercado norte-americano, levando a sua avaliação para os 32 mil milhões de dólares. A corretora irá vender 55 milhões de ações, já a contar com a "greenshoe option", que são novas ações opcionais de 5,5 milhões de títulos.

Segundo o mesmo jornal, este preço reflete em parte a hesitação de alguns investidores, 
que consideram o preço almejado pela empresa demasiado alto. 

Uma pesquisa da Reuters pelo grupo Wall Street Bets, no Reddit, mostra que nem mesmo este grupo de investidores parece estar convencido com esta operação. De acordo com a agência, a maioria dos comentários são negativos, com o valor do IPO a ser considerado "completamente irrealista", principalmente depois de todo o escrutínio dos reguladores.

A empresa vai estrear-se na bolsa norte-americana nesta quinta-feira, com o símbolo "HOOD". Enquanto a maioria das empresas aloca apenas uma pequena quantidade de ações para investidores individuais no momento do IPO, a Robinhood vendeu uma grande parte das ações nesta operação a investidores individuais através da sua plataforma que dava a hipótese aos clientes de entrarem neste IPO.

No prospeto do IPO (oferta pública inicial, em português), a Robinhood indicou que tinha 18 milhões de clientes a retalho, que no total tinham em sua posse cerca de 80 mil milhões de dólares em ativos. Em 2020, a empresa gerou um lucro líquido de 7,45 milhões de dólares e obteve receitas em torno dos 959 milhões de dólares, que compara com o prejuízo de 107 milhões no ano anterior.
Ver comentários
Saber mais Robinhood Wall Street Journal Nasdaq IPO Lisboa economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa Informação sobre empresas grandes empresas
Outras Notícias