Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

IGCP volta ao mercado na próxima semana para duplo leilão de curto prazo

O IGCP vai realizar um duplo leilão de dívida, a três e 11 meses, com o qual pretende encaixar até 1.250 milhões de euros.

Cristina Casalinho
Rita Faria afaria@negocios.pt 12 de Junho de 2020 às 16:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O IGCP vai voltar ao mercado na próxima semana para um duplo leilão de dívida de curto prazo, operações com as quais pretende encaixar um máximo de 1.250 milhões de euros.

 

O instituto que gere a dívida pública pretende emitir entre 1.000 e 1.250 milhões de euros em bilhetes do Tesouro com maturidade em setembro (três meses) de 2020 e em maio de 2021 (11 meses)

 

"O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 17 de junho pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em setembro de 2020 (BT 18SET2020) e em maio de 2021 (BT 21MAI2021), com um montante indicativo global entre EUR 1000 milhões e EUR 1250 milhões", indica o instituto liderado por Cristina Casalinho.

 

No passado dia 20 de maio, o IGCP colocou mil milhões de euros da linha que vence em maio do próximo ano, com uma taxa de juro de -0,351%. Portugal voltou assim financiar-se a taxas negativas a 12 meses, depois de no leilão de abril a yield ter sido positiva (0,038%) pela primeira vez em três anos.

 

A operação acontecerá uma semana depois do leilão do duplo leilão de dívida a seis e dez anos em que o IGCP encaixou um total de 1.505 milhões de euros.

Nas obrigações a dez anos, foram colocados 920 milhões de euros em obrigações com maturidade em 18 de outubro de 2030 (10 anos), com uma yield de 0,595%, a mais baixa desde março.  

O IGCP anunciou no final de março que o financiamento líquido resultante da emissão de BT registará um acréscimo de 1,3 mil milhões de euros, para 3,1 mil milhões de euros, sendo que o programa de financiamento poderá ser ajustado "sempre que tal se justifique em função dos desenvolvimentos".

Ver comentários
Saber mais IGCP
Outras Notícias