Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião por
Artigos de opinião deste autor

A luta pela nossa sobrevivência – parte III

31.05.2022

Temos de mobilizar todos os nossos recursos para colocar rapidamente um ponto final na guerra. Talvez a melhor forma de preservar a nossa civilização seja derrotando Putin. É uma necessidade essencial.

A luta pela nossa sobrevivência – parte II

30.05.2022

A dependência que a Europa tem dos combustíveis fósseis da Rússia continua a ser excessiva, em grande parte devido às políticas mercantilistas levadas a cabo pela ex-chanceler alemã, Angela Merkel.

A luta pela nossa sobrevivência – parte I

27.05.2022

Na teoria, a inteligência artificial devia ser politicamente neutra: pode ser utilizada tanto para o bem como para o mal. Na prática, o efeito é assimétrico. A inteligência artificial é particularmente eficaz na produção de ferramentas de controlo que ajudam os regimes repressivos e colocam em perigo as sociedades abertas.

Os desafios da China – parte III

10.02.2022

À medida que a ómicron vai avançando, também a oposição dentro do Partido Comunista Chinês será cada vez mais forte. A elevação cuidadosamente orquestrada por Xi, de modo a ascender ao nível de Mao Tsé-Tung ou de Deng Xiaoping, poderá nunca acontecer.

Os desafios da China – parte II

09.02.2022

Xi tem muitos inimigos. Embora ninguém possa opor-se-lhe publicamente, porque ele controla todos os níveis de poder, há no seio do PCC uma luta que fermenta e é tão visível que encontrou expressão em várias publicações do partido.

Os desafios da China – parte I

08.02.2022

Cada sistema tem as suas forças e fraquezas. As sociedades abertas libertam as energias criativas e inovadoras das pessoas, ao passo que as sociedades fechadas concentram o poder nas mãos de um Estado de partido único. Estas são as forças. As fraquezas são mais específicas, consoante as condições a nível local e regional.

Uma resposta eficaz à paralisia orçamental da Europa

09.12.2020

Se um país emitisse obrigações perpétuas, teria a vantagem adicional de outros países europeus o considerarem um exemplo que valeria a pena seguir. Os "Cinco Frugais" deveriam considerar as obrigações perpétuas particularmente atrativas. Afinal, eles gostam de poupar dinheiro.

George Soros: A Europa tem de enfrentar a Hungria e a Polónia

23.11.2020

A UE não se pode dar ao luxo de comprometer as disposições do Estado de direito. A forma como responder ao desafio colocado por Orbán e Kaczynski vai determinar se sobreviverá como uma sociedade aberta fiel aos valores nos quais foi fundada.

A UE devia emitir obrigações perpétuas

22.04.2020

A disrupção provocada pela pandemia deve ser temporária, mas só se os líderes europeus tomarem as medidas extraordinárias necessárias para evitar danos a longo prazo à UE.

Chaves para o triunfo de uma contraofensiva democrática (III)

06.02.2020

Acredito que, enquanto estratégia de longo prazo, a nossa melhor esperança reside no acesso à educação de qualidade, mais especificamente numa educação que reforce a autonomia do indivíduo através do cultivo do pensamento crítico e da ênfase na liberdade intelectual.

Ver Mais
Mais lidas
Publicidade
pub
pub
pub
pub
Publicidade
C•Studio