Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas vai lançar investigação aprofundada a mega-fusão da PSA e Fiat

A fusão no valor de 50 mil milhões de euros deverá demorar mais tempo a ser concluída após as autoridades da concorrência da UE lançarem uma investigação aprofundada ao negócio.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 10 de Junho de 2020 às 20:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A Comissão Europeia vai lançar uma investigação aprofundada à fusão de 50 mil milhões de euros entre as fabricantes automóveis PSA (Peugeot, Citroën e Opel) e Fiat Chrysler Automobiles (FCA), avança esta quarta-feira a Reuters, citando fontes próximas do processo.

As autoridades da concorrência da UE comunicaram na semana passada às duas construtoras automóveis as suas reservas quanto a alguns aspetos da fusão, em particular a elevada quota de mercado no segmento de comerciais ligeiros, segundo foi noticiado pela Reuters na segunda-feira.

As empresas tinham até esta quarta-feira para responder às dúvidas levantadas, mas terão declinado propor "remédios". Assim, Bruxelas irá lançar uma investigação aprofundada à operação, o que deverá prolongar-se por pelo menos quatro meses.

A fusão anunciada em outubro do ano passado e cujo memorando de entendimento foi formalizado no final de 2019 dará origem ao quarto maior grupo fabricante automóvel do mundo.

O CEO da PSA, Carlos Tavares, indicou em abril que o processo de fusão estava a ser "acelerado" pelas equipas de ambas as empresas e que a pandemia da covid-19 não alterou o calendário previsto para a concretização do negócios.

Logo em novembro, Tavares disse estar disponível para "todas as concessões" necessárias para receber "luz verde" da Concorrência europeia.

A proposta de fusão entre iguais prevê que Carlos Tavares assuma o cargo de CEO da nova "gigante" do setor automóvel.

Ver comentários
Saber mais Opel Carlos Tavares Citroën Bruxelas Fiat PSA Chrysler Automobiles FCA Comissão Europeia Peugeot Reuters automóvel fusão
Mais lidas
Outras Notícias