Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Júnior carrega revolução nos carros elétricos a partir de Braga

Filho de industrial têxtil bracarense descobre um novo negócio ao substituir a frota da empresa do pai por veículos 100% elétricos e criou a Volt-e, que promete revolucionar o mercado dos carregadores de carros elétricos.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 09 de Janeiro de 2021 às 20:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Em 2016,quando assumiu a tarefa de substituir a frota da têxtil do pai José Braga por veículos 100% elétricos, Júnior Braga deparou-se com uma lacuna importante no mercado - havia uma necessidade premente de criar soluções que permitissem o carregamento rápido das frotas elétricas das empresas.

 

Após dois anos à volta da criação de soluções, o jovem bracarense fundou a Volt-e, "com a dupla missão de minimizar o impacto ambiental e garantir uma melhor performance e autonomização dos veículos elétricos".

 

"Hoje assume-se como um principais ‘players’ do setor com as mais diversas soluções de carregamento em carga DC de baixa e alta potência para empresas, frotas e rede pública, com presença em países como Espanha, Suíça, Irlanda, Alemanha, Kuwait e Dubai", garante a empresa, em comunicado.

 

Depois de ter faturado apenas 200 mil euros em 2019, fechou 2020 com uma dúzia de produtos no mercado, incluindo um carregador portátil, e vendas superiores a 1,5 milhões de euros.

 

Entretanto, a Volt-e acaba de lançar no mercado a V2 SYNC, que Júnior Braga garante que é "uma nova tecnologia de balanceamento de carga e a solução do momento para empresas com frotas elétricas, que promete agitar um mercado em crescente evolução".

 

"Este sistema de carregamento distribui automaticamente a energia disponível de forma eficiente e proporcional, permitindo até duas cargas em simultâneo, sendo completamente inovador por permitir a rentabilização de tempo e a máxima customização, potenciando a energia disponível num determinado local", afiança a empresa.

 

Assegurando que a  V2 SYNC "permite o carregamento simultâneo em DC de duas viaturas na mesma estação, reduzindo os tempos de espera da segunda viatura", firma ainda que,  "além de fazer o balanceamento entre a própria estação, permite ainda ter até 90 estações ligadas em grupo, alcançando uma rede inteligente de carregamento a mais de 10.000 KW".

 

Outra das "grandes vantagens da V2 SYNC, já incorporada nas estações de 40, 60 e 120 KWs da Volt-e, é também o facto de permitir configurar conectores diferentes, como CHAdeMO, CCS e GB/T e até mesmo dois conectores iguais, como por exemplo dois CCS", remata a Volt-e.

A pandemia fez entretanto travar o objetivo de Júnior Braga avançar com a instalação de uma fábrica para produzir carregadores em Portugal, os quais são atualmente desenvolvidos em Braga mas fabricados fora do país.

Ver comentários
Saber mais volt-e carregadores carros elétricos júnior braga v2 sync
Outras Notícias