Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis reforça presença no Chile com novo contrato a 15 anos

A CTG reduziu este ano a posição no capital da empresa liderada por Miguel Stilwell de Andrade para 19,03% mas mantém o estatuto de maior acionista.
Miguel Baltazar
Leonor Mateus Ferreira leonorferreira@negocios.pt 07 de Setembro de 2021 às 17:19
A EDP Renováveis reforçou a presença no Chile com um novo negócio, quatro meses depois de ter entrado no país. A empresa liderada por Miguel Stilwell d'Andrade anunciou esta terça-feira que lhe foi atribuído um novo contrato de aquisição de energia (CAE) a 15 anos no leilão de energia renovável chileno.

O contrato é para a venda da energia produzida pelo projeto eólico San Andres de 120 MW, situado em La Araucania. Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP Renováveis explicou que antecipa que o projeto eólico inicie operações em 2025 e que evite 90 milhares de toneladas de emissões anuais de CO2.

"O sucesso da EDPR em assegurar novos CAE reforça a sua estratégia de crescimento baseada no desenvolvimento de projetos competitivos e com perfil de baixo risco que fomentam a aceleração da transição energética e a descarbonização da economia", explica. Na sequência da entrada no Chile em maio de 2021, a EDP Renováveis tem agora 0,2 GW de capacidade assegurada que entrará em operação no país até 2025.
Ver comentários
Saber mais EDP Renováveis Chile energia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio