Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acionistas aprovam bónus de meio milhão ao CEO da Ryanair, apesar da revolta

Os acionistas da companhia aérea aprovaram a atribuição de um bónus de quase meio milhão de euros ao seu presidente-executivo, Michael O'Leary.

Negócios jng@negocios.pt 17 de Setembro de 2020 às 16:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Michael O'Leary, CEO da Ryanair, vai receber um bónus de 458 mil euros. A decisão foi aprovada esta quinta-feira na assembleia geral de acionistas, numa altura em que a empresa tem anunciado prejuízos e grandes reduções no número de voos, devido à atual pandemia.

No entanto, esta foi uma aprovação constestada, uma vez que cerca de um terço dos acionistas votaram contra a atribuição deste bónus, precisamente devido à atual situação financeira delicada da empresa.

Em agosto, a companhia aérea cortou 50% dos voos programados devido a novas restrições impostas à circulação por parte de vários países, graças ao novo aumento na propagação do coronavírus. 

Este está a ser um ano difícil para todo o setor e a Ryanair não foge à regra. No segundo trimestre deste ano, a empresa anunciou um prejuízo de 183 milhões de euros. 

Ainda assim, de acordo com o relatório da empresa, o salário base de O'Leary e o bónus anual foram reduzidos para metade neste ano, devido à pandemia. 
 
Ver comentários
Saber mais Ryanair economia negócios e finanças aviação bónus covid
Mais lidas
Outras Notícias