Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Financiamento da TAP poderá vir do maior banco chinês

A companhia aérea estará a negociar um empréstimo de até 375 milhões de euros com o gigante Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) e mais duas instituições financeiras internacionais, segundo o Jornal Económico.

A comissão de trabalhadores da TAP reúne-se hoje com a administração para discutir a proposta de licenças.
Miguel Baltazar
Negócios 17 de Abril de 2020 às 09:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...

Com a atividade parada devido à covid-19, a TAP irá precisar a partir de junho de um empréstimo de até 375 milhões. Esta operação deverá ser montada com o Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) e mais duas instituições financeiras internacionais, segundo o Jornal Económico.

O mesmo jornal, que cita uma fonte próxima ao processo, conta ainda que também já houve interesse por parte de fundos de investimento para participar da operação que terá o aval do Estado. Fonte oficial da transportadora aérea não fez comentários.

A TAP já avançou com o pedido de auxílio ao Estado devido ao impacto que o novo coronavírus está a ter na sua atividade, que está praticamente parada. E, segundo o presidente do conselho de administração da companhia, espera "conhecer a resposta muito em breve". Miguel Frasquilho salientou ainda que esse auxílio "terá condicionalismos associados". "Quem ajuda pode impor condições", afirmou na quinta-feira no Parlamento. O responsável não avançou com mais detalhes, mas acrescentou que "é nessas condições que pensamos que o auxílio acontecerá".

Como foi noticiado esta sexta-feira, o Negócios sabe que entre essas condições estarão alterações ao nível do modelo de governação da TAP, com o Estado a assumir outro papel, designadamente marcando presença na comissão executiva.

Ver comentários
Saber mais TAP Banco Industrial e Comercial da China ICBC
Mais lidas
Outras Notícias