Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paula Amorim “às turras” com o sócio em tribunal por causa do condomínio na Comporta

A Amorim Luxury intentou uma ação em tribunal “por questões prosaicas de condomínio” no loteamento da Comporta Dunes, onde irá construir o seu hotel JNcQUOI, contra o seu sócio Vanguard Properties, do milionário franco-suíço Claude Berda, entre outras entidades.

Família Amorim
Rui Neves ruineves@negocios.pt 27 de Agosto de 2020 às 13:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

O consórcio da Vanguard Properties, do milionário francês-suíço Claude Berda, e da Amorim Luxury, da empresária Paula Amorim, que comprou os ativos Comporta Dunes e Comporta Links, na Herdade da Comporta, não se entendem em relação à administração das partes comuns do loteamento onde a Amorim vai construir o seu hotel JNcQUOI Comporta.

 

Sem acordo sobre a eleição do administrador do condomínio, a Amorim Luxury avançou para tribunal para dirimir esta questão, tendo a ação dado entrada esta terça-feira, 25 de agosto, no Juízo Local Cível de Lisboa.

 

"A ação intentada pela Amorim Luxury tem por objeto única e exclusivamente questões relacionadas com a administração das partes comuns do Loteamento do NDTC [Núcleo de Desenvolvimento Turístico do Carvalhal], nada tendo a ver com os projetos individuais da Amorim Luxury e da Vanguard, nem com os que estão a ser desenvolvidos em conjunto pelas mesmas", ressalvou fonte oficial da Amorim Luxury, em declarações por escrito ao Negócios.

 

"A circunstância de ter sido intentada contra as diversas entidades, e bem assim o valor da mesma, prendem-se única e exclusivamente com exigências puramente formais e processuais. Trata-se de questões prosaicas de ‘condomínio’, de índole essencialmente técnica, e que não afetam a forte relação de parceria entre a Amorim Luxury e a Vanguard", garantiu o mesmo responsável, sem avançar mais detalhes sobre a matéria.

 

O projeto do consórcio, denominado "Terras da Comporta", será desenvolvido numa área de 1.380 hectares, comportando a construção de cinco hotéis, três hotéis-apartamento, dois campos de golfe, 11 aldeamentos turísticos e loteamentos residenciais, onde serão construídas até mil casas.

 

O investimento total no projeto é estimado em "pelo menos 1,5 mil milhões de euros", sendo que a primeira fase, referente à construção de 52 moradias turísticas, corresponde a um investimento estimado de 300 milhões de euros.

 

Foi em novembro passado que o consórcio fechou a operação de compra dos dois principais ativos imobiliários ao fundo Gesfimo, por um valor da ordem dos 148 milhões de euros.

 

A Vanguard Properties controla 88% dos ativos do consórcio, estando os restantes 12% nas mãos da Amorim Luxury.

"O projeto JNcQUOI Comporta é um projeto promovido única e exclusivamente pelo grupo Amorim Luxury, com um conceito único na oferta hoteleira de luxo do nosso país, e encontra-se a ser desenvolvido dentro dos trâmites e ‘timings’ previstos", afiançou a mesma fonte oficial do grupo de Paula Amorim.

 

Ver comentários
Saber mais herdade da comporta paula amorim amorim luxury vanguard properties claude berda jncquoi
Mais lidas
Outras Notícias