Bolsa Sonae Capital sobe mais de 4% após melhoria dos resultados e dividendos

Sonae Capital sobe mais de 4% após melhoria dos resultados e dividendos

As ações da Sonae Capital registaram a maior subida desde outubro, depois de a empresa ter revelado uma melhoria dos resultados (ainda que com prejuízos) e um aumento do dividendo que vai distribuir pelos acionistas.
Sara Antunes 04 de março de 2019 às 16:43

A Sonae Capital fechou a sessão a subir 4,17% para 0,90 euros, num dia em que trocaram de mãos quase 313 mil  ações, um valor que supera a média diária dos últimos seis meses, que é inferior a 132 mil.

 

A subida da cotada surge depois de no domingo à noite ter revelado os números de 2018. A empresa revelou uma redução dos seus prejuízos anuais e um aumento do dividendo que vai pagar aos acionistas.

 

A Sonae Capital terminou 2018 com um prejuízo de 3,26 milhões de euros, o que compara com o resultado líquido negativo de 5,4 milhões de euros registado um ano antes, de acordo com os número divulgados pela empresa. O último trimestre do ano foi determinante, já que nos últimos três meses a Sonae Capital reportou um lucro de 3,15 milhões de euros.

 

Ao mesmo tempo que revelou os números de 2018, a empresa liderada por Miguel Gil Mata anunciou um aumento dos dividendos, propondo que seja pago 7,4 cêntimos por cada ação aos acionistas.

 

Os analistas do BPI realçam que a Sonae Capital apresentou resultados trimestrais "melhores do que o esperado", num período marcado pela venda do Loteamento Efanor. Este negócio representou um encaixe de 30 milhões de euros.

 

Outro dado fornecido pela Sonae Capital foi a avaliação dos seus ativos feita pela Cushman & Wakefield, com o seu portefólio a ascender a 287,4 milhões de euros. O aumento da avaliação dos ativos "terá um impacto positivo de 2% na avaliação" que o BPI faz da empresa, de acordo com uma nota de análise publicada esta segunda-feira.

 

Atualmente o BPI avalia a Sonae Capital em 1,25 euros, com uma recomendação de "comprar".

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI