Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crédito ao consumo cai mais de 10% em Agosto

As instituições financeiras concederam menos de 400 milhões de euros em crédito ao consumo, no mês de Agosto. O montante emprestado ficou mais de 10% abaixo do mês anterior.

Miguel Baltazar/Negócios
Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 15 de Outubro de 2015 às 14:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

389,4 milhões de euros. Este foi o valor emprestado em crédito ao consumo pelas instituições financeiras, em Agosto, revelou o Banco de Portugal, esta quinta-feira. Depois de dois meses de aumentos, o montante financiado para este fim diminuiu. Caiu 10,65% face a Julho. Ainda assim, cresceu mais de 27% face ao mesmo mês do ano passado.


Todos os destinos do crédito ao consumo registaram uma diminuição, em Agosto. A excepção foi o crédito pessoal com finalidade educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos. Neste segmento, o montante financiado aumentou 46% para 2,6 milhões de euros.


Em todos os outros destinos de crédito ao consumo, a tendência foi de queda, sobretudo no financiamento automóvel. Ainda assim, a compra de carro continua a representar quase 38% de todo o financiamento ao consumo concedido. No que se refere à locação financeira ou ALD, nos automóveis novos verificou-se uma queda de 20,7% para 23,9 milhões de euros, enquanto nos usados a diminuição foi de 21% para 4,8 milhões de euros.


Quanto à reserva de propriedade e outros, nos automóveis novos, o montante financiado caiu 17,9% para 32,6 milhões de euros, enquanto nos automóveis usados recuou mais de 5% para 86,5 milhões de euros.


Os cartões de crédito, contas correntes e facilidades de descoberto totalizaram 77,7 milhões de euros de novo financiamento, menos 10% do que um mês antes. Já o crédito pessoal sem finalidade específica, que continua a ser aquele que mais pesa no crédito ao consumo, registou uma quebra de 10% para 161 milhões de euros.


No acumulado dos primeiros oito meses do ano, as novas operações de crédito ao consumo ascenderam a 3,17 mil milhões de euros, mais 22% do que no período homólogo, revelam os dados do Banco de Portugal.

Ver comentários
Saber mais crédito empréstimos financiamento consumo Banco de Portugal automóvel cartões de crédito
Mais lidas
Outras Notícias