Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Warren Buffett volta a ultrapassar Mark Zuckerberg na lista dos mais ricos do mundo

O “oráculo de Omaha” é novamente mais rico do que Mark Zuckerberg, o dono do Facebook e do Instagram. A subida no índice de multimilionários na Bloomberg é também justificada pelo recuo das ações das empresas tecnológicas.

Reuters
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 28 de Janeiro de 2022 às 13:30
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

Warren Buffett, o líder da Berkshire Hathaway, escalou alguns lugares no Bloomberg Billionaires Index e voltou a ultrapassar a fortuna de Mark Zuckerberg, com uma vantagem de mil milhões de dólares. 


Assim, Buffett assume o sexto lugar da lista, com uma fortuna estimada de 111 mil milhões, à frente do sétimo lugar de Mark Zuckerberg, dono de uma fortuna de 110 mil milhões. 


A lista, que é composta nos lugares cimeiros por várias fortunas do setor tecnológico, reflete alterações tendo já em conta a desvalorização de algumas das principais tecnológicas. Buffett, com investimentos diversificados, é o único entre os dez primeiros lugares que regista um aumento da fortuna até este ponto do ano, com uma subida de 2,39 mil milhões.


Aos 91 anos, as apostas de Buffett têm superado o desempenho das tecnológicas e também do S&P 500: registam uma queda de 4,2% até este ponto do ano, que compara com o tombo de 9,2% do S&P 500 e de 15% das tecnológicas, contabiliza a Bloomberg.


Os dados são relativos a esta quinta-feira e salta à vista o recuo das fortunas tecnológicas. Elon Musk, o homem mais rico do mundo, viu a fortuna pessoal afundar 25,8 mil milhões de dólares. De acordo com as contas da Bloomberg, é a maior queda diária na história do índice dos mais ricos. Este ano, Musk já terá perdido 54 mil milhões de dólares, tendo em conta a fortuna que está maioritariamente assente em ações da Tesla. Esta é a maior variação este ano entre os dez primeiros lugares da lista. Ainda assim, Musk continua com uma fortuna estimada de 216 mil milhões.

É uma diferença ainda significativa na comparação com o segundo nome da lista, Jeff Bezos, com o fundador da Amazon a deter uma fortuna avaliada em 164 mil milhões de dólares. A última variação mostra uma subida de 705 milhões de dólares nesta fortuna, que este ano já terá caído 27,8 mil milhões. 


O terceiro lugar pertence agora a Bernard Arnault, da LVMH, com 159 mil milhões de dólares. Também Arnault terá visto a fortuna recuar este ano, em pelo menos 19,4 mil milhões. 


Mark Zuckerberg até viu a fortuna crescer esta quinta-feira, aumentando 174 milhões, mas até este ponto do ano já terá perdido 15,2 mil milhões de dólares. As ações da empresa têm acompanhado a tendência de queda do setor tecnológico e cedem já 12% este ano.


A Bloomberg estima que as 500 pessoas mais ricas do mundo já tenham perdido um total de 635 mil milhões de dólares este ano, devido às reações dos mercados às declarações da Fed e à inflação dos EUA no nível mais elevado em 40 anos.

Ver comentários
Saber mais Warren Buffett Berkshire Hathaway Mark Zuckerberg
Outras Notícias