Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Orey Antunes não paga juros que vencem esta quarta-feira

No âmbito do Plano de Recuperação proposto pela Sociedade Comercial Orey Antunes, que prevê o perdão dos juros emergentes da referida emissão, os juros relativos aos dois cupões que se vencem a 8 do corrente mês não serão liquidados.

Miguel Baltazar
Negócios jng@negocios.pt 07 de Julho de 2020 às 22:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Sociedade Comercial Orey Antunes (SCOA) sublinhou esta noite, em comunicado divulgado na CMVM, que os juros relativos aos dois cupões com maturidade nesta quarta-feira, 8 de junho, não serão liquidados.

 

No âmbito do Processo Especial de Revitalização (PER) a que a empresa se encontra submetida, está prevista a reestruturação dos créditos e respetivos juros emergentes da emissão "Best of Fixed Callable Notes due 2031" (obrigações), recorda.

 

"Atento o disposto no Plano de Recuperação proposto pela SCOA, que prevê o perdão dos juros emergentes da referida emissão, e estando a correr o prazo para o Tribunal proferir decisão quanto à homologação deste plano, os juros relativos aos dois cupões que se vencem a 8 do corrente mês não serão liquidados".

 

A empresa acrescenta que "caso seja proferida pelo Tribunal sentença homologatória do Plano de Recuperação proposto pela SCOA, os termos e condições da emissão acima referida serão modificados em conformidade com este mesmo plano".

 

A Orey Antunes viu o seu PER aprovado em assembleia de credores, apurou o Negócios no passado dia 26 de junho – tendo, entretanto, a sociedade confirmado a aprovação em comunicado à CMVM.


A SCOA propunha, no âmbito do PER, um plano de pagamento da sua dívida até 2032, ano em que concluirá o pagamento de 6,488 milhões de euros, o que significa um perdão de 90% dos créditos reconhecidos que ascendem a 58 milhões de euros.


De acordo com o plano, a sociedade espera ter lucros já em 2020, mas por via de um resultado extraordinário no âmbito do PER de 20 milhões. Os lucros seriam, assim, no primeiro ano de implementação – o PER sofreu algum atraso devido à pandemia de covid-19 – de 18 milhões, descendo para um valor abaixo dos 2 milhões no segundo ano, para em 2032 atingir os 4,4 milhões.

Ver comentários
Saber mais PER Orey Antunes Sociedade Comercial Orey Antunes SCOA Tribunal juros obrigações
Mais lidas
Outras Notícias