Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Bruno Faria Lopes
Bruno Faria Lopes 23 de janeiro de 2020 às 21:03

Na lavandaria Portugal vai seguir tudo igual

A relação amoral e assimétrica que Portugal teve até aqui com a cleptocracia de Angola foi uma escolha de uma parte substancial da elite portuguesa. Essa escolha ditou um apoio sistémico que não vai desaparecer com o momento “Ricardo Salgado” de Isabel dos Santos.

"Nada disto [na relação Portugal-Angola] é uma consequência inelutável da crise económica, da fraqueza de Portugal. Eu enfatizaria as escolhas feitas pelas elites portuguesas nos últimos oito anos. Estou

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI