Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião por
Artigos de opinião deste autor

Um papão do passado

23.09.2022

Em 2022, a inflação tem surpreendido pelos valores elevados, de que não havia memória recente. Nos últimos trinta anos, as economias desenvolvidas têm vivido períodos de baixa inflação. A justificação, em grande parte, prende-se com a globalização e a arbitragem salarial.

Alterações climáticas e demografia

25.08.2022

A problemática da água, pela sua universalidade, pode atuar como potencial agregador de interesses intertemporais em prol da sustentabilidade.

Dez anos depois: OMT outra vez

28.07.2022

Ao contrário de 2012, os operadores de mercado estão mais construtivos face ao projeto europeu e menos permeáveis a comportamentos pouco cooperativos.

Acesso

01.07.2022

A participação feminina no mercado de trabalho e a opção por empregos mais bem remunerados continua a depender de fatores como: acessibilidade a cuidados infantis; combinação entre trabalho remunerado e não remunerado; oferta de esquemas flexíveis de trabalho; e condições a licença de parentalidade do pai.

Sub-representado

27.05.2022

Não só a riqueza financeira das famílias portuguesas compara mal com a média europeia, como o setor financeiro não bancário se encontra sub-representado por comparação com a média europeia.

Os preços, os preços e os preços

22.04.2022

O aumento simultâneo de preços e de taxas de juro desperta inquietações sobre o rendimento disponível das famílias e a saúde das empresas, designadamente em economias fortemente endividadas.

De olhos postos no BCE

18.02.2022

O comportamento dos mercados financeiros vai permanecer condicionado pelas decisões de política monetária e pujança da retoma económica. A evolução das taxas de juro será determinante para a formação de expectativas económicas. Donde, todas as atenções convergem para os responsáveis pela política monetária.

Acompanhar com redobrada atenção

21.01.2022

Presentemente, registam-se alterações profundas nos mercados de energia e laboral, que se receia promovam subidas de preços prolongadas. Contudo, estes temores carecem de validação. Se se assiste a ganhos de produtividade que podem contrariar pressões de preços adversas, o efeito da componente energética, neste momento, emerge como difícil de avaliar.

Diga não à autoflagelação

16.12.2021

Acredito que todos os portugueses gostariam que a economia nacional crescesse mais. Muito embora o registo nos últimos dez ou vinte anos seja sofrível, sobretudo por comparação com os países do Leste europeu, a expansão na área do euro foi bastante homogénea, na qual Portugal não se destaca particularmente.

A lenta marcha da demografia

19.11.2021

A população residente em Portugal aumentou pelo segundo ano consecutivo por via do contributo muito positivo do saldo migratório, uma vez que a taxa de crescimento natural permaneceu negativa. Todavia, apenas as regiões Centro e Área Metropolitana de Lisboa revelam subidas.

Ver Mais
Mais lidas
Publicidade
pub
pub
pub
pub
Publicidade
C•Studio