Edson Athayde A morte do contador de histórias 14.11.2018 Edson Athayde
Na série "Mad Men" fomos apresentados a uma Nova Iorque pós-guerra onde os publicitários eram estilosos, "bon vivants" e ditavam modas.
Edson Athayde Da boca para fora 06.11.2018 Edson Athayde 374
"Da boca para fora" é uma expressão relacionada com a mentira. Tem a ver com teatralidade e dissimulação. O líder que diz coisas apenas da boca para fora é, via de regra, um sonso e um mentiroso.
Edson Athayde Fazer da queda um passo de dança 23.10.2018 Edson Athayde 549
Se você ainda tem alguma, pode perder a esperança. Pode não ser hoje, pode não ser amanhã, mas o cidadão anónimo vai-se manifestar. Votará errado, crucificará um Cristo ou simplesmente vai desrespeitar as leis do trânsito.
Edson Athayde O silêncio dos bons 10.10.2018 Edson Athayde 1715
Como todos os líderes extremistas, Bolsonaro funciona como o fulano que cobre a floresta de querosene, mas não se considera incendiário pois quem levou o isqueiro foi um amigo.
Edson Athayde Meu voto não é uma granada 02.10.2018 Edson Athayde 307
Uma borboleta bate asas na China e provoca um maremoto em Copacabana. Assim é o mundo de hoje, tudo ligado, tudo parte da mesma narrativa, do mesmo (eco)sistema.
Edson Athayde Um novo animal na floresta 19.09.2018 Edson Athayde 376
Ele troca promoções profissionais por um horário de trabalho que dê jeito nas suas missões familiares. Dispensa um aumento para ver a filha a atuar num teatrinho. Faz questão de ir às reuniões escolares. Preocupa-se com o peso das mochilas.
Edson Athayde Um mundo de "ideotes" 12.09.2018 Edson Athayde 278
"Atypical" é o nome de uma simpática série do Netflix que mostra as desventuras de um adolescente autista. Ao acompanhar os episódios acabamos por perceber (minimamente) como deve funcionar a cabeça de alguém que vê o mundo de uma forma completamente diferente do normal.
Edson Athayde De pantufas no museu incendiado 04.09.2018 Edson Athayde 781
O museu que acabou de morrer queimado num incêndio no Rio de Janeiro foi o primeiro em que fui na vida. Faz sentido. Era um museu de pobres.
Edson Athayde Deixem os millennials cantar 28.08.2018 Edson Athayde 173
O público de há 30 anos não se sentia cliente dos artistas para os quais contribuía financeiramente comprando discos e bilhetes para apresentações. Não havia uma relação transacional tão clara de troca de serviços.
Edson Athayde Aretha Franklin e a arte de negociar  21.08.2018 Edson Athayde 428
O canto depois de solto não volta garganta adentro. Assim, nada mais correcto do que assegurar-se de que não sofrerá um calote. Quem quiser música de graça que cace um sabiá.