Desporto Jesus nega ter provas de envolvimento de Bruno de Carvalho nas agressões

Jesus nega ter provas de envolvimento de Bruno de Carvalho nas agressões

O treinador do Sporting ligou ao presidente para desmentir notícias e garantir que não falou com nenhum jornalista.
Jesus nega ter provas de envolvimento de Bruno de Carvalho nas agressões
Negócios 18 de maio de 2018 às 22:24

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, desmentiu ter na sua posse provas de que o presidente do clube, Bruno de Carvalho, terá combinado com as claques qualquer acção contra os jogadores, refere a Sábado.

Em declarações à SIC, o técnico garantiu que assim que viu as notícias publicadas na manhã desta sexta-feira ligou ao líder do clube de Alvalade para desmentir as mesmas e garantir que não falou com nenhum jornalista. 

Na terça-feira, antes do primeiro treino para a final da Taça de Portugal, em que o Sporting defronta o Desportivo das Aves, a equipa de futebol foi atacada na Academia de Alcochete por um grupo de cerca de 50 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos e jogadores. A GNR deteve 23 dos atacantes.

Esta sexta-feira, o Público revelou que Jorge Jesus acreditaria que Bruno de Carvalho teria dado "carta branca" a claques do clube de Alvalade para "apertarem" com jogadores e equipa técnica. O treinador leonino teria mesmo provas sobre este contacto entre dirigente e adeptos.

Os contactos terão ocorrido logo a 6 de Abril, um dia depois da derrota da equipa em Madrid, frente ao Atlético (2-0), na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa.

Fonte próxima de Jorge Jesus avançou ao jornal que estas provas seriam apresentadas às autoridades caso o treinador não chegasse a acordo com a actual direcção dos "leões" para rescindir o seu contrato. 




Notícias Relacionadas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI