Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP ambiciona subir dividendos com aumento dos lucros para 1,2 mil milhões em 2025

Os 19 cêntimos de dividendos por ação que tem dado aos acionistas é o mínimo que a EDP se propõe remunerar os seus donos. Mas ambiciona mais com a subida dos lucros.

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 25 de Fevereiro de 2021 às 08:59
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
Um lucro de 1,2 mil milhões de euros em 2025 é a meta proposta pela EDP no seu plano estratégico que hoje está a ser apresentado. Isto face aos 801 milhões de euros registados em 2020 e ontem anunciados.

A subida de 8% anual aponta as baterias para um valor acima dos mil milhões de euros, onde a EDP já esteve. Marca que prevê atingir em 2023.

E com a subida dos lucros aponta também para um aumento dos dividendos. Mas sempre com um limite mínimo de 19 cêntimos por ação em mente.

O objetivo é pagar entre 75% e 85% dos lucros por ação, o que significa pagar entre 900 milhões e 1,02 mil milhões de euros em 2025, ou 22,7 cêntimos e 25,7 cêntimos. Nos anos do plano estratégico, entre 2021 e 2025, os serão pagos aos acionistas cerca de 4 mil milhões de euros de dividendos.

A EDP Renováveis também aponta para uma subida de 8% dos lucros em termos médios anuais, para atingir os 800 milhões em 2025, depois de marcar a subida além dos 600 milhões em 2023. E daí que os dividendos também tenham um mínimo de 8 cêntimos por ação, mas aqui com a empresa pretende dar prioridade "ao reinvestimento do cash flow para garantir crescimento".

(notícia atualizada com mais informação)
Ver comentários
Saber mais EDP dividendos
Outras Notícias