Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sonae recrutou Mia, ex-Tommy Hilfiger e Burberry, para CEO da Salsa

A marca portuguesa de jeanswear, que é detida pelo grupo Sonae, passou a ser liderada por Mia Ouakim, que tem um percurso profissional recheado de experiências em marcas líderes no panorama da moda internacional, substituindo no cargo o espanhol José António Ramos.

Mia Ouakim, a nova CEO da Salsa.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 18 de Fevereiro de 2021 às 14:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

Mia Ouakim é a nova CEO da Salsa, substituindo no cargo o espanhol José António Ramos, que estava à frente da empresa portuguesa desde fevereiro de 2019, tendo saído em novembro passado para assumir as funções de "chief customer officer" na gigante britânica do comércio eletrónico ASOS.

 

"Nascida e criada entre a Europa, Estados Unidos e África", Mia Ouakim "tem um percurso profundamente internacional", com uma carreira "pautada por experiências em marcas líderes no panorama da moda e por cargos que lhe conferem o ‘know-how’ dos vários pontos da cadeia de produção", realça a Salsa, em comunicado.

 

A nova gestora, com formação na Escola de Belas Artes de Paris, trabalhou durante oito anos na Burberry, onde liderou a linha de roupa infantil, definindo a estratégia de produto de acordo com as necessidades do mercado à escala global.

 

"Posteriormente, já na Tommy Hilfiger, começou por assumir o cargo de vice-presidente para a categoria Denim, assegurando o crescimento efetivo da marca e uma nova rede de distribuição na Europa, Ásia, América Latina e Estados Unidos", tendo acabado "por se tornar gestora de ‘menswear’ da Tommy" destaca a Salsa, em comunicado.

 

À frente da Salsa, Mia Ouakim terá como objetivos "o reposicionamento e rejuvenescimento da marca, bem como o crescimento e penetração em novos mercados".

 

"A Salsa é uma referência no jeanswear, com um percurso e ‘expertise’ realmente notáveis. É um projeto muito desafiante, não só por tudo o que já representa, pela relevância internacional que já tem e pela credibilidade que oferece no seu produto, mas principalmente pelo que aí vem", frisa a nova CEO da marca.

"Temos pela frente um caminho que me entusiasma muito e para o qual tenho o total comprometimento das equipas, que sentem a marca como se fosse sua", garante Mia Ouakim.

 

Foi a meio do ano passado que a Sonae passou a deter integralmente a Salsa, cujos primeiros 50% tinha comprado à família Vila Nova em maio de 2016.

 

Os produtos da Salsa podem ser encontrados em mais de três dezenas de países, com as exportações a gerarem mais de metade da faturação da empresa, que registou em 2019 vendas a clientes finais superiores a 200 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais sonae salsa mia ouakim jeanswear josé antónio ramos
Outras Notícias