Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Costa e PAN decidiram voltar a falar

Em contra-relógio para o encontro com o Presidente da República, António Costa esteve reunido com a delegação do PAN durante menos de uma hora. Costa e André Silva decidiram voltar a conversar nos próximos dias depois de os socialistas avaliarem o programa do PAN.

12 de Outubro - António Costa reúne-se com o PAN - Pessoas, Animais, Natureza. O PAN elegeu um deputado, André Silva, nas eleições de 4 de Outubro.
Miguel Baltazar/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...

O encontro entre António Costa e André Silva, líder do PAN, terminou sem grandes conclusões, tal como era esperado. A reunião demorou menos de uma hora, com o secretário-geral do PS pressionado pelo aproximar da hora agendada para o encontro com o Presidente da República, Cavaco Silva, às 16h desta segunda-feira, 12 de Outubro. A reunião começou um pouco antes das 15h e ainda não eram 15h50 e já António Costa dizia aos jornalistas que "o longo programa" do PAN "requer, da nossa parte, uma avaliação e estudo cuidadoso".

 

Ainda assim, António Costa classificou de "interessante" a reunião com o PAN e disse ainda que depois da análise necessária, os socialistas voltarão então a reunir-se com os representantes deste partido que no domingo 4 de Outubro conseguiu eleger um mandato na Assembleia da República, no caso o seu próprio líder, André Silva.

 

Depois de já se ter reunido esta manhã com o BE, uma reunião considerada "muito interessante" por António Costa que aproveitou para anunciar haver "margem de aproximação" entre bloquistas e socialistas, o secretário-geral do PS não se alongou nas declarações aos jornalistas presentes na sede do PAN (Espaço PAN), na Almirante Reis.

 

Já André Silva  quis lembrar que o documento que os socialistas terão de avaliar "visa essencialmente as nossas prioridades a curto-prazo e alguns eixos fundamentais que têm a ver com o nosso programa. O líder do PAN disse ainda que O PAN considera "que todas as forças políticas devem contribuir para a estabilidade do país" e acrescentou que "o PAN dialoga com todas as forças políticas" que assim o queiram.

 

E apesar do objectivo de que sejam encontradas "pontes e eventuais soluções", André Silva garante ser "precoce" avançar com conclusões sobre uma hipotética colaboração entre o PAN e o PS ou qualquer outro partido. "Aquilo que o PAN transmitiu ao PS transmite a todas as forças políticas, [o PAN] está disponível para se encontrar com todos os partidos", resumiu André Silva.

Ver comentários
Saber mais António Costa André Silva PS PAN Cavaco Silva BE
Mais lidas
Outras Notícias