Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Valor de mercado da bitcoin supera pela primeira vez 1 bilião de dólares

A moeda digital, que sobe cerca de 95% este ano, tem batido sucessivos recordes e o seu valor de mercado já superou a marca de 1 bilião de dólares.

Há cada vez mais empresas em Portugal a aceitarem pagamentos em bitcoins.
Dado Ruvic/Reuters
Rita Faria afaria@negocios.pt 20 de Fevereiro de 2021 às 12:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

O valor de mercado da bitcoin superou pela primeira vez a fasquia de 1 bilião de dólares, depois de a moeda digital ter praticamente duplicado o seu preço desde o início deste ano, em que acumula uma valorização de cerca de 95%.

Os dados da Bloomberg mostram que, em 2021, o valor de mercado da mais famosa das criptomoedas aumentou em mais de 450 mil milhões de dólares, para superar agora a marca de 1 bilião. O movimento de subida estendeu-se a outras criptomoedas, como é visível no ganho de mais de 100% do Bloomberg Galaxy Crypto Index, que inclui a bitcoin e outras quatro moedas digitais.

A bitcoin valoriza, nesta altura, 1,49% para 56.456,54 dólares, depois de ter começado o ano abaixo dos 30 mil dólares.

As fortes subidas têm sido alimentadas não só pelos especuladores como também pelo crescente apetite dos investidores institucionais, apesar dos repetidos alertas dos reguladores para os riscos do investimento neste tipo de ativos.

Este mês, o ‘rally’ da criptomoeda ganhou novo impulso depois de a Tesla ter anunciado a compra de 1,5 mil milhões em bitcoin e planos para aceitar a moeda digital como pagamento para os seus produtos no futuro, ao mesmo tempo que a MicroStrategy avançava com a venda de títulos conversíveis para 900 milhões de dólares para comprar ainda mais bitcoin.

Dias depois, a moeda digital batia novos recordes, com a Mastercard e o Bank of New York Mellon a anunciarem novas possibilidades para o uso desta moeda.

O Bank of New York Mellon anunciou que irá deter, transferir e emitir bitcoin e outras criptomoedas para os clientes institucionais, ao passo que a Mastercard, reconhecendo que "os ativos digitais estão a tornar-se uma parte cada vez mais importante do mundo dos pagamentos", informou que a empresa vai começar a suportar algumas moedas digitais na sua rede. 

Esta sexta-feira, Elon Musk, CEO da Tesla e confesso apreciador do mundo das criptomoedas, voltou a dar gás à bitcoin, depois de escrever no Twitter que a bitcoin é "simplesmente uma forma menos estúpida de liquidez do que o dinheiro".

Ver comentários
Outras Notícias