Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mexia investe 26 mil euros no aumento de capital da EDP. Espanhóis avançam 73,8 milhões

O ex-CEO da elétrica, que se encontra suspenso das funções por decisão judicial, exerceu os direitos de subscrição no aumento de capital da EDP investindo 26 mil euros. Já os espanhóis da Oppidum Capital colocam 73,8 milhões para manterem a posição de mais de 7%.

António Mexia, presidente executivo da EDP, acredita que a elétrica tem “resiliência” para combater a crise pandémica.
Miguel Baltazar
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 04 de Agosto de 2020 às 21:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
António Mexia, ex-CEO da EDP que se encontra suspenso das funções por decisão judicial, exerceu os direitos de subscrição de ações no âmbito do aumento de capital da elétrica, informou esta terça-feira a empresa em comunicado enviado à CMVM.

Mexia e a sua mãe exerceram os direitos correspondentes às 93.171 ações da elétrica que detinham, o que corresponde à subscrição de 7.922 ações, num investimento de 26.142,60 euros.

Também hoje, a cotada informou, num outro comunicado, que os espanhóis da Oppidum Capital, que detêm mais de 7% do capital da empresa, exerceram os direitos de subscrição.

O veículo controlado por Fernando Masaveu Herrero, membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, subscreve 22.368.267 ações, investindo para o efeito 73,8 milhões de euros.

O aumento de capital da EDP, no montante de mil milhões de euros visa financiar a compra da espanhola Viesgo. 
Ver comentários
Saber mais EDP António Mexia Oppidum Capital aumento de capital subscrição
Mais lidas
Outras Notícias