Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“Inteligência” de Lisboa apoia gestão de vinhos no Douro

Com um orçamento de 300 mil euros e prazo de execução até dezembro de 2021, o projeto “IVDP Data+” resulta de uma parceria com a NOVA IMS para colocar “a ciência dos dados ao serviço da viticultura” na mais antiga região demarcada do mundo.

Paulo Duarte
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 23 de Outubro de 2020 às 13:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O projeto chama-se "IVDP Data+" e promete melhorar as estimativas de produção e prever os respetivos custo para o viticultores do Douro,  identificar as melhores rotas e sugerir potenciais mercados mediante as características do produto final, além de permitir ao consumidor fazer o "rastreamento fidedigno" de toda a produção, desde a uva até à garrafa.

 

Com um orçamento de cerca de 300 mil euros financiado pelo Portugal 2020 e um prazo de execução até dezembro de 2021, este modelo inovador que vai colocar a inteligência artificial e a ciência de dados a apoiar os processos de planeamento e gestão na mais antiga região demarcada resulta de uma parceria entre o Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) e a NOVA Information Management School (NOVA IMS), da Universidade Nova de Lisboa.

 

"Tirando partido das atuais capacidades analíticas na sua tripla valência (descritiva, preditiva e prescritiva), iremos utilizar a ciência dos dados e a Inteligência Artificial não apenas para compreender a realidade, mas também – e mais importante – antecipar o futuro e propor ações que otimizem resultados em função da avaliação de cenários alternativos e da sua otimização", frisa Miguel de Castro Neto, subdiretor da NOVA IMS.

 

O IVDP Data + dar-nos-á a capacidade de conhecer e antecipar a produção e o mercado, nacional e internacional, de uma forma analítica, extraindo valor dos dados já existentes no IVPD enriquecidos com outras fontes de dados. Miguel de Castro Neto, coordenador do NOVA Cidade Urban Analytics Lab

 

O coordenador do NOVA Cidade Urban Analytics Lab é uma das presenças confirmadas no evento de lançamento deste projeto agendado para esta sexta-feira, 23 de outubro, no Salão Nobre do IVDP, no Porto, que vai contar também com a presença do secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Tiago Russo, além do anfitrião, Gilberto Igrejas.

 

Falando em "Winalytics", o professor de Genética da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), escolhido em 2018 para suceder a Manuel Cabral à frente deste instituto, destaca numa nota de imprensa que este projeto vai criar "um novo paradigma de planeamento e gestão de toda a cadeia de valor do vinho do Douro e Porto, lançando as bases para que as políticas públicas assentem em dados, quer no momento da sua construção, quer na sua monitorização e avaliação".

Ver comentários
Saber mais agricultura vinhos douro porto ivdp universidade de lisboa NOVA IMS inteligência artificial dados ciência tecnologia
Outras Notícias